domingo, 7 de novembro de 2010

Querer

Image and video hosting by TinyPic



Ouço-te no cantar da primavera
no chilrear de uma ave.
Vejo-te no entardecer oculto
da nuvem que passa.
Sinto-te na cacimba matinal
da frieza da noite.
Quero-te no sol resplandecente
do amanhecer estival.
Neste
ouvir, ver, sentir e querer
Quero-te para além do amanhã.

1 comentário:

  1. Sinceramente este é dos teus um dos que mais gosto.
    Muito bonito.

    beijos

    ResponderEliminar