quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A Noite




A noite estremece,
nos dias sombrios
em que tu não estás.

O dia amanhece,
na solidão do ontem
ancorado em ti.

O sol não floresce,
esgueira-se na sombra
da nuvem que passa.

A lágrima desfalece,
e cai entristecida
na viagem para o mar.


A lua adormece,
nos sonhos por viver
nos sonhos por sonhar.


Maria Antonieta Oliveira

1 comentário:

  1. E o dia aparece mal a noite se espanta,
    já a cotovia canta!

    Gostei mana
    beijos

    ResponderEliminar